quarta-feira, 28 de outubro de 2015

De ponto em ponto faça da vida um conto...

Ponto cruz sempre foi minha paixão... Foi o início de tudo!!

Foi com meia dúzia de linhas que me apaixonei pelos lindos bordados... uns 20 anos atras...

Minha aluna relutou... disse que não tinha gostado da técnica.. que não ia ter paciência pra transferir gráficos etc  e tal..

Maaaas... ela é uma aluna muito dedicada, e no meio do caminho acabou se apaixonando!!

Sugeri que iniciássemos bordando no etamine a metro, por ter uma trama mais aberta, facilitando assim o aprendizado..

Foi rapidinho pra Lulu pegar gosto pelo bordado...

Essa foi sua primeira toalhinha... Ela irá presentear o priminho... Já fez outra com monograma pra presentear o avô, concluiu outra toalhinha para outro primo e está fazendo um bordado lindo para o próximo projeto nas nossas aulas!

O avesso é digno de ser mostrado...








Meu ateliê é um empreendimento materno... Dou aula com as meninas juntinho da gente...
Fiquei com um grupo bem seleto de alunas, que são incríveis, pacientes, compreensivas e acima de tudo muuuito amorosas!!

No meio da aula rola um colinho, rola beijinhos e muito amor!!

Todo amor que deposito é retribuído, e isso é muito gratificante!

Sou muuito grata por tudo isso!

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Trabalho da aluna

Não é novidade pra ninguém que eu amo tietar as minhas alunas... Mari, foi a primeirinha.. iniciou as aulas de costura a pouco mais de um ano, e desde sempre se destacou com a criação de projetos!

Auxiliar crianças de 11, 12 anos de idade a executarem projetos um pouco mais elaborados é incrível! Aprendemos tanto quanto ensinamos... Sobretudo a confiar no nosso potencial! Se algum dia tive receio de ensinar manualidades pras pessoas hoje, vendo suas conquistas tenho vontade de colocar a máquina de costura na calçada, uma boa cadeira confortável para os bordados e ensinar quem estiver disposto a aprender...

Alguns meses atrás estávamos estudando sobre a importância das cores na elaboração de um projeto de patchwork, e em uma aula especial, onde reuni todas as meninas, produzimos um círculo cromático, a fim de nos facilitar em algumas combinações...

Deixei livre para que cada uma escolhesse o que fazer,  e a Mari escolheu usá-lo em uma capa de caderno.. {o caderno é o que ela usa para desenvolver os projetos, anotar as dicas - na verdade sou eu quem anoto pra otimizar nosso curto tempo} E ficou simplesmente FANTÁSTICO!

Eu amei o resultado final!!






A Mari também havia projetado uma bolsa para trazer à aula seu material...  Ocupamos sempre o caderno, temos um poligrafo de bordados, pincel, lápis, tesoura, agulha dentre outras coisas, e a bolsa facilita na hora de trazer tudo! além de ficar um charme!

Nela usamos algumas técnicas diferentes... e a Mari se saiu muito bem!!

Ela está naquela fase onde conseguir uma fotografia é um dilema hehehehe então, como profe compreensiva que sou {que foi?? sou um amor!} registrei apenas o lindo trabalho dela!!

Você também gostou??

Deixe um recadinho pra ela.. Nós vamos adorar!!


quarta-feira, 21 de outubro de 2015

O molhadinho

Existe uma coisa que sempre digo.. por ser assim que sinto! Ser mãe é um eterno ''cuspir pra cima''!! Não são raras as vezes em que podemos claramente sentir aquele molhadinho escorrendo pela testa!

É assim com você, foi assim com nossos antepassados e é assim comigo também!

A história desse post inicia aaanos atras! 10 anos mais precisamente! Gestava minha primeira filha, e ainda não tinha muito conhecimento sobre o mundo materno! Até mesmo por ser uma gestação não planejada, aos 17 anos... Mas de uma coisa eu tinha certeza! De que minha filha não usaria bico/chupeta...

Então, a Be nasce antes do previsto e acaba ficando internada por um período... Tomando o meu leite, ordenhado sempre com muito sacrifício pela sonda. Sem estímulo de sucção...
A pediatra dela sempre foi maravilhosa!

Hoje percebo que se eu não tivesse a Dra Maria Izabel ao meu lado naquele momento tão delicado, eu faria parte das estatísticas, engrossando a média terrível de 54 dias de aleitamento materno, ou até mesmo menos tempo!

Quando dei alta após a cesariana de emergência que trouxe a minha primogênita ao mundo, 3 dias após o seu nascimento, tive que deixar minha filha no hospital!
Foi sem dúvida, um dos dias mais tristes e sofridos da minha vida! Só quem é mãe de UTI sabe a dificuldade desse momento!
Beatriz não mamou assim que nasceu.. na verdade, ela precisou ir para o oxigênio e lá ficou no capacete por longos 16 dias!  Com medo que ela não aprendesse a sugar, a Dra comprou um bico pra Be, e quando cheguei para ficar com ela horas após a alta, vejo a minha cria com aquele colorido ''bibi'' na sua linda boquinha...

A Pediatra me explicou que isso facilitaria na amamentação depois que ela saísse do oxigênio... A grande maioria das enfermeiras da maternidade do hospital sempre foi muito gentil comigo..  Me ensinaram a ordenha manual correta {já que a esgotadeira é realmente terrível e machuca MUITO! principalmente pra quem não tem o estímulo de ficar cheirando e lambendo sua cria no colinho} e me deixavam ficar por mais tempo do que o permitido ali no espaço pequeno que é a neo natal...

Apesar do molhadinho estar ali, escorrendo testa abaixo, me conformei por que era uma forma de estimular algo importante... a sucção!

Beatriz deu alta e mamou exclusivamente e em livre demanda até os seis meses e teve amamentação prolongada até os dois anos {quando desmamou por conta própria} e só conheceu outro leite após fazer 1a e 8 meses... antes era só o da vaca mãe

Quando o Natan nasceu, nem comprei bico/chupeta.. Por que não queria colocar esse vicio nele, já que tínhamos a experiência com a Be, da dificuldade de largar depois, e  de como realmente prejudica na dentição e fala!

Morávamos em uma cidade muito pequena, onde não havia hospital! O Natan nasceu por meio de uma cesariana eletiva, marquei a data para dois dias antes da data previsa do parto, e não havia sequer um mízero sinalzinho de que ele estava pronto para chegar nesse mundo tão doido!
Meus pais e minha irmã, se programaram para irem ficar com a Be e para participarem desse momento importante para nossa família...

No mesmo dia que nasceu... minha mãe colocou nele o bico que minha irmã trouxe de Floripa {onde moram} e eu, pós operada mal tinha forças para falar.. quem dirá para entrar num embate feio...
Pensei comigo mesma.. depois que eu chegar em casa eu tiro o bico dele, afinal, ficaremos só nós! Meu pai e minha irmã, ficaram dois dias apenas, e minha mãe ficou 3! Dei alta ao meio dia, viajei de volta pra casa e antes das 5 da tarde, já estávamos na estrada outra vez pra levar minha mãe até a rodoviária de Torres, onde ela pegaria o ônibus de volta pra casa... E assim eu fiz... Tirei o bico dele e ele seguiu sendo a criança calma que era...

Porém, quando o Natan tinha 2 meses minha mãe passou uma semana conosco de férias... e foi o suficiente para que ela colocasse outra vez o bico no neto.... Dessa vez, não consegui tirar depois... Ele largou naturalmente, [diferente da mana que foi a base de pastilha tic tac} por volta dos dois anos e meio... Até os 3 ele ainda dizia que chupava bico.. mas não me pedia e eu tb não oferecia...E assim, meus dois filhos mais velhos usaram a chupeta...

Não tive problemas com a amamentação de nenhum deles... Da Beatriz precisamos ajustar a pega... Mas o problema era mais comigo do que com ela... Eu já estava com o seio bastante machucado... o bico do meu seio esquerdo é invertido e machucava bastante cada vez que ia fazer a ordenha com a esgotadeira....
Logo que ela pode vir para o meu colo, eu simplesmente explodi de leite.... {Isso mesmo que vc está lendo.. meu corpo demorou por volta de 17 dias pra produzir leite em graande quantidade.. até então cada gotícula era muito preciosa pra mim, e eu lembro com clareza a cara feia do pai da Be pra uma das enfermeiras que simplesmente desperdiçava aquele líquido tão precioso}. Não precisei mais tomar nenhum remédio {mesmo com a depressão - que nem sei se foi uma depressão, por que não fui examinada por nenhum psiquiatra - outro dia falarei sobre isso em um post!}

O Natan foi aspirado com perinha ao nascer... e foi amamentado na primeira hora de vida, conforme os olhos atentos da dinda dele, que acompanhou o nascimento e gravou o momento pra mim {que foi de extrema importância no meu processo de caminhada à humanização do nascimento} - eu realmente não lembro! A última lembrança viva que tenho é dela me perguntando se eu queria que ela ficasse ao meu lado até eu ir pro quarto ou se eu preferia que ela ficasse com o Natan.. Óbvio que escolhi que ela ficasse grudada nele! depois, apaguei! acordei horas depois...
Não tive problemas nenhum na amamentação dele, e ele mamou um pouco mais do que a mana... foi até os 3, alternando leite materno e leite ninho depois dos dois anos de idade... e ano passado, aos 4 foi a última vez que ele pediu para mamar... Quando sentei-o no meu colo e dei o peito ele deu meia sugadinha e disse.. Obrigada mãe! Mas agora teu peito tá entupido!!

Com a Amanda e a Helena, o bico veio exatamente no pós parto... Esse que é tão delicado pra nós mães!!

Durante a gestação também não comprei chupeta... minha ideia era não dar! Meus seios ficariam 24h a disposição delas e eu estava disposta a dar sempre que elas pedissem...
Mas minha prima, que mora longe, nos mandou alguns presentes, e junto deles vieram os bicos... que permaneceram guardados até o 3ª dia de vida delas...
Os primeiros dias das gurias foram difíceis pra mim, eu estava cansada, os conhecidos vieram em massa pra ver as meninas.. Na verdade eu já vinha cansada... uma gravidez gemelar gera uma sobrecarga  muito grande no nosso corpo! As meninas também não foram planejadas, então tive que manter meu ritmo de vida o mais parecido possível... Trabalhei até o dia delas nascerem... Dirigi até o último momento {adaptando uma jaqueta na barriga pra que o volante deslizasse com facilidade sem me machucar}.. Carreguei os filhos mais velhos pra suas atividades.. e assim segui também depois da alta!

No terceiro dia de vida delas, eu voltei a trabalhar... dei aula e recebi 17 pessoas naquele dia para conhecerem as gurias...
Quando a noite chegou, eu estava simplesmente exausta! já tinha desmaiado 3 vezes até então {2 no primeiro dia e 1 no segundo}, e cada vez que entrava no banho sentia um peso que me tirava as forças!

No  segundo choro da noite abri a chupeta e dei!

Elas pegaram imediatamente.. e o reflexo da minha escolha {consciente, por isso foi uma escolha - ainda que tomada em um momento de desespero e exaustão - minha} foi automático!

Amanda que já teve dificuldades para mamar desde o primeiro dia, simplesmente piorou mil vezes a pega.. dando uma machucada no peito... Como já tinha experiência em amamentação, persisti! e já são 103 dias de mamá da mamãe!

Como ela tinha mais dificuldades, cansava mais, por que foi preciso muita persistência para ajustar a pega... Mamava muito mais vezes do que a mana.... tendo que ''ouvir'' assim piadinhas das pessoas como ''já está roubando o mamá da Helena'' ou idiotices coisas do gênero!!

Helena não é muito fã da chupeta... normalmente larga rápido e não teve dificuldade na aamentação... Desde a primeira vez esvazia bem a mama, pegando todo o leite ''gordo'' do final da mamada e chegando a dormir 6 horas seguidas durante a noite...
Contamos com a colaboração fiel do papai... que em momento algum - mesmo nas minhas fraquezas mais profundas, mesmo quando ele mesmo estava beirando a exaustão, sequer cogitou me encorajar a desistir, e eu sou muito grata à ele por isso... sem dúvidas não teríamos conseguido sem teu apoio... e meu coração se apaixona novamente cada vez que ele me vê amamentando e espontaneamente vem me oferecer um copão de água...


Depois da introdução da chupeta, a amamentação das gurias ficou muito mais difícil... Amanda fez confusão de bico e isso quase nos custou caro demais!

Sem dúvidas, se eu não tivesse o apoio constante do marido, e se não tivesse experiência, eu faria parte das mães que não conseguem amamentar...




Esse é um relato sobre a minha experiência com relação à chupeta e amamentação...
Sobre o molhadinho que sinto na minha testa...

Com vc como foi?? Quer mandar o seu relato?? envie um e-mail para nina.nene@hotmail.com

sábado, 17 de outubro de 2015

100 dias....

100 dias de...
Sabia que o que um sente o outro tb sente?? Por isso gêmeos sempre choram junto!!
{Aham....}




100 dias de...
Elas devem só dormir, pq tu ''não sai do facebook''
{aham! já ouviu falar em otimizar o tempo?}




100 dias de...

Gêmeos? São dois meninos???

{Não! são duas gremistas!}


100 dias de...

Quem sofre são os irmãos do meio, pq ficam o ''sanduíche'' sem atenção de ninguém!

{aham! ô sofrência desses meninos!}
100 dias de...

Mas como tu sabe quem é quem??


{sabendo!}

100 dias de...
Tadinha, endireita o pescoço dela!!

{aham!}
100 dias de....
Aproveita enquanto elas dormem e dorme tb!
{Aham!! to esperando a Rosie - empregada robô - pra fazer os trequinho tudo pra mim!!}

100  dias de...

Mas ela não é muito pequena pra dormir de bruços?

{E vc não é crescidinha pra esse tipo de pergunta??}

100 dias de....

Ela ta fingindo que dorme!

{aham! é uma mini atriz! vou mandar pra gRobo e todo mundo vai morar no projac}
100 dias de...

Mas pede pra Be - insira aqui alguma atividade -

{cri cri cri}


100 dias de...


Acorda o bebê pra tirar foto!!


{huuum... não!}

100 dias de...
Como tu te vira??
{Assim, de um lado, para o outro! igual a bola do Quico!}


100 dias de...
Só leite do peito?? mas não vai sustentar essas crianças!
{aham... continue - por escrito nesse jornal, pode ser que eu use mais tarde}

100 dias de...

Mamam só no peito? Tu tem que cuidar o que tu come, senão dá dorzinha de barriga!

{ já ouviu falar em teoria da extero-gestação??? }
100 dias de...

"De primeiro'' a criança nem abria os olhos na quarentena!

{Aham! e 'de segundo'??}
100 dias de...

Tá com fome? Tá com frio? Tá com sono?


{Putz!}

100 dias de....

E se parecem com quem??


{parafraseando o Benjoca , com um Minion!}

100 dias de...

Os mais velhos não judiam??

{não! a gente usa coleira de choque neles!}

100 dias de..

São gêmeos????

{Não, são clones!! Tive um caso com o Albieri}

100 dias de...

Nooossa! 3 meninas, vão dar um trabalhão heim?!


{aham!zzzZZzzZZZ}


100 dias de...

Suas bebês são tão lindas, vc não tem medo que roubem elas??

{Não.. a Pqq aprendeu bem com o tio Max!! Corra, cheire e disfarce! Ela foi treinada para ser uma sentinela!}


100 dias de...

Cama compartilhada??? Cruuuzes, deus me livre, eu gosto mesmo é de dormir espalhada na cama! vai que depois eles não querem mais sair da cama da gente! E o marido como fica??


{Fica junto comigo, babando nos filhos lindos que temos!}


100 dias de...

Mas pq tu não colocou nem os nomes parecidos

{huum.. pq não?!}


100 dias de...

E pra dar banho??

{taaaca no balde!}

100 dias de..

Se tu ama a tua filha, nunca mais usa esse tipo de coisa apertando a cabeça dela!! isso mata sabia??

{olá desconhecida que faz compras no mercado! me fale mais sobre eu amar ou não amar a minha filha.. mas faça aqui nesse jornal, por escrito.. o papel higiênico não está na promoção hoje! obrigada, de nada!}


100 dias de...

Te prepara pq eu gastava 24 fraldas por dia com os bebês!

{aham!}


100 dias de..

Aqui uma receitinha de Nan, pra caso precisar!!

{aham! a papada da criança ta pequena!}


100 dias de..

Fraldas de pano, não acha desconfortável??

{Senhorita, senhorita, volte aqui!}
senhoritaaaa


100 dias de...

Ah, mas elas não estranham??

{aham! essas perguntas/pitacos elas até estranham, mas como não sabem falar só riem!}

100 dias de...

Ele deve estar se comportando mal pq sempre rola uma rejeiçãozinha né?

{Aham, claro!}


100 dias de...

Gêmeos fazem tudo junto!!

{aham!}

100 dias de...

Não são idênticas??Mas eu acho iguaaal!

{e eu acho graça!}


100 dias de...

Gêmeos?? Dois meninos??? Ah! um casal?? MAS PQ NÃO COLOCA ROSA NELAS!

{Nós gostamos de cores siim, cores lindas pra vc e pra mim, verde branco azul, preto e amarelo, rosa e laranja, roxo e vermelho... Onde estão as cores, quero encontrar, para te mostrar! - leia no ritmo 'Xuxístico''}


100 dias de...

Que pecado.. pq não deixou dormindo em casa??

{aos cuidados do João, irmão imaginário do Natan??}
100 dias de...

Tu não confunde???

{minha senhora, eu já tentei escovei os dentes com hipoglós e arrumei o coque do ballet com mat inset! defina confundir...}



100 dias de...

Nossa... como tu demora pra atender o telefone... precisa arrumar alguém que te ajude!

{Verdade, quanto tu depositou na minha conta esse mês mesmo?? aliás.. da proxima vez eu me transformo num alien do ben 10 e uso meus 4 braços pra atender a vossa senhoria}
100 dias de...

Pede pra Be - insira novamente o raio da atividade -

{cri cri cri cri}



100 dias de...

Elas só dormem??

{Não! elas cortam grama tb!}
[

100 dias de...

A Be bem que podia - insira aqui a atividade -

{poderia! ela herdou as habilidades múltiplas da mãe, mas não vai fazer nada só pra satisfazer quem não faz parte do pacote!}


100 dias de...

Não tá sufocando dentro desse saco (sling)

{não!}


100 dias de...

Foi  um parto com dor (referindo-se ao parto normal) ou um parto sem dor (referindo-se à cesariana)??

{Foi uma cesariana muito dolorosa, pq não era o que eu queria!}


100 dias de...

E quando choram junto???

{as vezes a gente dá beijinho, as vezes a gente chora junto num grande e uníssono coro!}

100 dias de...

Não são prematuras? NUNCA VI gêmeos nascerem de nove meses!

{Então abra os olhos!! tcharãn!}

100 dias de...

Mas te pegaram de surpresa? vieram antes?

{não! eu menti a data provável do parto pra quem insistia em perguntar pq eu queria SOSSEGO!}


100 dias de..


Mas tu tem babá/empregada/mãeporperto né?

{Não!}

100 dias de...


São mansinhas??

{Não! ainda não foram domesticadas!}



100 dias de...

Ah! Mas o pai ajuda?

{Não! ele PARTICIPA! aliás, a função do pai não é ajudar!}

100 dias de..

Mas tu fechou a fábrica??

{e perder a chance de ser abençoada com tudo isso outra vez?? euu não!}

100 dias de...


Aqui mais uma receitinha de Nan pra quando o teu peito secar!

{¬ ¬}

100 dias de..

Mas pra sair com os 4, sem alguém pra ajudar não dá né?

{'peraí' que vou ali no mercado comprar papel pra desenhar pra vc!}

100 dias de...

Quem é a mais chorona??

{eu! não posso ver essas fotos que morro chorando de amor!}







Legendas originalmente escritas por mim, em homenagem à elas, que mantem meu bom humor! O pós parto não é um período que passe despercebido, por ser uma fase de adaptação! Não seja quem diz essas frases para as mães e pais de bebês recém nascidos! Fica feio e pode atrapalhar e muito!!

Faça parte da boa rede de apoio às gestantes/puérperas!!