quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Catapora, e agora?


 Catapora, uma infecção viral altamente contagiosa com erupções semelhantes à bolhas que causam coceira, também chamada de varicela. Acomete principalmente crianças, ganhando o rótulo de uma 'doença de infância'.
É transmitida por gotículas respiratórias no ar, de mãe pra bebê durante a gravidez, parto ou amamentação ou mesmo por contato com a pele.

 Natan pegou catapora na escola antes das férias escolares iniciarem, os sintomas demoram em torno de dias após o contágio! No final de semana, ele foi passear com o avô, brincou bastante, estava um dia abafado, com ar de chuva... Voltou pra casa com dor de cabeça, achei que tinha exagerado na dose de correria, visto que criança na casa dos avós é bagunça na certa, não dei muita importância... Pedi pra que tomasse mais água e fosse descansar um pouco!
Naquele sábado dormiu cedo, imaginei que estava cansado de tanto brincar, cheguei até a ver uma feridinha nas costas, mas nada que me fizesse suspeitar de catapora!
Domingo fomos ao parque e lá, olhando minha cria se divertir nos brinquedos percebi uma bolsinha de água...
Vi na hora que se tratava de catapora!
Natan não teve muito forte, não deu febre, não reclamou mais de dor na cabeça e praticamente não se coçou! Foi o mesmo que não ter!
As férias se prolongaram por mais uma semana... Pra evitar espalhar o vírus escola afora!

Mas e as gêmeas???

Eu já sabia que não tinha o que fazer, não deixei ele isolado {já fiz isso com a Be quando minha irmã teve e não adiantou de nada! Aprendi a lição!}

Então aproveitamos que as férias seriam esticadinhas e curtimos muito mais uma semaninha fazendo atividades divertidas longe da escola!
Uma semana depois, Amanda apresentou as temidas bolinhas...
Deu forte na pequena, teve febre e ficou bem enjoadinha! Eu já estava até comemorando que tinha dado fraco na Helena... Mas foi a catapora mais forte que já vi na vida!
Não consegui contar quantas bolinhas ela teve...



Se no Natan havia usado apenas pasta d'água para aliviar os sintomas.. Nelas apelei até pra reza!
O negócio foi tenso! Da cabeça até a sola do pé, passando por dentro da boca, ouvido, regiões intimas...
De tudo que usei o que mais notei alívio foi realmente a pasta d'água... E é claro, o santo mamazinho do peito!
Banhos com sabonete de calêndula e permanganato de potássio... talco mentolado e pasta d'água foram nossos companheiros inseparáveis por 10 dias... Junto com o mantra 'vai passar'!

Agora, catapora só nos netos e na lembrança que alguma marquinha deixará!

Nenhum comentário:

Postar um comentário