quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Empreendimento materno - afinal, como é?

Entrar no mercado de trabalho depois de ser mãe é algo que acaba sempre exigindo mais reflexão! Se antes vivíamos por nós mesmas, hoje nossa vida não é mais só nossa.. E é por eles, para exercer uma maternagem mais ativa que grande parte das mulheres tomam a decisão de trabalhar em casa.
Comigo não foi diferente! Quando Beatriz nasceu, quase 12 anos atras, precisei me reinventar para conseguir ficar junto dela em tempo integral. Com o nascimento do Natan, nasceu também o blog, e com ele vieram algumas encomendas para pessoas que não eram do meu círculo de amizades...
Com o nascimento das gêmeas, optei por pausar. Fiquei 2 anos sem trabalhar, focando apenas nas crianças. Foi preciso, foi importante e foi assim que escolhi!
Elas já estão crescidinhas, e apesar de ainda mamarem em livre demanda, já dá pra começar a conciliar com outras atividades.
E assim estamos voltando... com muita calma e muita alma!
Com costurices e pausas para brincarmos todos juntos na casinha de cobertor no meio do ateliê/quartinho. Com mini ajudantes revesando soneca e com 2 super ajudantes expert's no assunto que dão prazer com sua companhia. São muitas noites de trabalho intenso no intervalo das mamadas, são algumas manhãs de preguiça na cama por ter dormido apenas 3 horas no dia todo. É uma rede de apoio presente para que tudo dê certo!







Nenhum comentário:

Postar um comentário